Escolha uma Página

Sentes que não tens tempo para cuidar de ti?

Percebo-te tão bem.

Sair de casa, entrar no carro e observar pelo espelho retrovisor que nem te penteaste, mas o importante foi cumprido: os filhotes chegaram a horas à escola.

Sentir que precisas de fazer uma atividade para ti, Yoga, ginástica, dança, o que for, mas no meio da agenda preenchida de mãe, não há um espacinho, então deixas para depois.

Querer ir ao cinema com o companheiro ou uma amiga mas, em boa verdade, cinema só na televisão, e quando te sentas, adormeces.

Se não sentes nada disto ótimo. Este artigo não é para ti.

Se sentes ótimo também. Vamos falar sobre isto.

Nós, mães, utilizamos muitas desculpas para justificar o nosso amor de mãe. Como se 5 minutos por dia para cuidar de mim fosse me rotular de: mãe alienada.

Sabes, tenho vindo a aprender que quando cuido de mim, estou a ajudar as minhas filhas a cuidarem delas. Quando mais verdadeira sou em respeitar o meu sentir, mais ajudo as minhas filhas a respeitarem o meu tempo e a respeitarem-se a si próprias. Assim, como eu respeito o tempo delas.

Acredito que esta “falta de tempo” pouco tem a ver com os filhos.

Acredito que tem tudo a ver connosco. Mães. Mulheres.

Podemos começar por 5 passos bem simples.

1 – Acorda 10 minutos mais cedo que o habitual. Reserva este tempo para ti.

2 – Escolhe o que queres fazer nestes 10 minutos. Tomar um banho e cuidares da tua pele ou meditar um pouco ou dançar ao som de uma música que gostes ou observar o nascer do dia.

3 – Escolhe 3 momentos, pessoas, vivências pelas quais te sentes grata. A gratidão ajuda-nos a estar no nosso centro.

4 – Inspira e expira. Escolhe como queres viver o teu dia. Entro na rotina do dia a dia ou entro na criação do meu dia?

5 – Abraça-te. O primeiro abraço começa dentro de ti.

Resgata. Resgata o poder de cuidar de ti.

Hoje.

E chega a um momento em que é mesmo preciso te retirares. Para criar o espaço necessário para reaprenderes a cuidar de ti. Reencontrar a mulher que há em ti. Sabe mais AQUI!

Sandra Matos

Para todas as mães que não fazem nada e fazem tudo. Tudo o quê? -
Se de vez em quando dás por ti a pensar, ou mesmo a verbalizar coisas
Pááááára de fazer isso!! - gritava a do meio para a mais pequena enquanto sacudia
Existem eventos que não controlamos. De repente acontece algo durante a gravidez ou até já
- Nem tenho tempo para chorar. - dizia-me uma mulher em tom de desabafo (quase,

 

Pessoas que leram este artigo, também leram:

Share This